Cardiologia



Eletrocardiograma

   Com o benefício de não ser um exame invasivo, o eletrocardiograma em cães e gatos é realizado de forma bastante similar ao mesmo exame quando feito em humanos – onde eletrodos são colocados no corpo do paciente para que seja possível verificar a atividade elétrica do coração do pet (por meio de ondas que são registradas pelo aparelho de eletrocardiograma). Simples e relativamente rápido (podendo ser feito em cerca de dez minutos), o exame possibilita identificar tipos diversos de alterações que possa haver no coração do pet – indicando a existência de alterações da frequência elétrica no coração, além de problemas como o alargamento de câmaras cardíacas, hipertrofias vasculares e cardiopatias diversas, entre outros. Indicado para os cães e gatos que contam com problemas que incluem arritmias, problemas respiratórios graves, cianose, sopro no coração, fases pré-operatórias, casos de convulsões e desmaios, entre outros – o eletrocardiograma é, hoje, uma importante ferramenta de auxílio para quem atua na especialidade da cardiologia veterinária.  

Ecocardiograma

 

    O exame de ecocardiograma em animais  também tem a vantagem de não ser invasivo ou estressante para o paciente, possibilitando a avaliação das condições fisiológicas do coração (incluindo a medição do tamanho do órgão, a averiguação de seus movimentos e até a distinção de tecidos moles e líquidos da região quando realizado com a ajuda do Doppler).

   Indicado para pacientes com suspeita de doenças cardíacas (cardiopatias) em geral com sopro, para check-ups em pacientes idosos, para identificar a origem de dilatações ou hipertrofias, investigar o estado de funções ventriculares, o tamanho das câmaras cardíacas, o fluxo sanguíneo entre elas e as válvulas que controlam a passagem do sangue entre as mesmas além da integridade das valvas que formam estas válvulas, observar a região pulmonar, verificar a existência de tumores ou corpos estranhos e saber sobre a existência de vazamento de líquidos pleurais; o ecocardiograma é de grande ajuda para o médico veterinário, já que fornece informações claras e precisas para a definição dos mais variados diagnósticos que envolvem patologia do coração.