Ultrassonografia



   A ultrassonografia veterinária é  um dos métodos  mais importantes e eficientes para examinar animais de pequeno porte, possibilitando diagnósticos mais precisos e, conseqüentemente, tratamentos mais eficazes

   Permite muitas aplicações em varios campos da medicina veterinária, é um excelente exame utilizado para avaliação, seguimento, diagnóstico e caracterização das alterações dos órgãos dos sistemas urinário, digestório, reprodutor e cardiovascular, a ultrassonografia veterinária também permite uma visualização mais superficial dos membros dos animais; facilitando a investigação de problemas ou complicações nas articulações, ligamentos, tendões e das estruturas oculares, entre outros, auxiliando, complementando e interagindo com outras especialidades da medicina veterinária.
 

   Por se tratar de um exame não invasivo, a preparação e o procedimento da ultrassonografia veterinária tende a ser bastante tranqüila, não representando transtornos para o animal. No entanto, nos casos em que o pet a ser examinado está sentindo muita dor, o uso de sedativos leves pode ser indicado. Nas ocasiões em que o animal se encontra agitado demais, o uso da focinheira é recomendado e, com isso, já é possível que a equipe auxiliar presente na hora do exame consiga controlar o animal ansioso sem o uso de qualquer tipo de medicação.

   É um método que não utiliza nenhum tipo de radiação e não apresenta efeitos colaterais. Além do jejum - necessário porque evita que a vesícula biliar se esvazie e permite avaliar de forma adequada órgãos mais profundos - a repleção da bexiga também é essencial, pois desloca as alças intestinais e atua como uma janela para a transmissão das ondas ultra-sônicas – e a ingestão de algum adstringente que ajuda a diminuir os gases, facilitando a visualização e avaliação dos órgãos e estruturas da região abdominal.